segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Metas para 2018

Sem muitos rodeios, conforme havia adiantado no último post de atualização, seguem minhas metas para o ano que se aproxima.

1. Fazer atividades físicas regularmente


Até pouco tempo, sempre fui muito ativo e saudável, mas nos últimos anos tenho sido relapso, com nenhuma paciência para atividades físicas. Apesar de ainda não sentir os efeitos maléficos do sedentarismo devido à pouca idade, não quero me tornar um velho barrigudo cheio de doenças.

Devo decidir até o final de janeiro a quais modalidades esportivas irei me dedicar. Provavelmente farei uma luta e uma outra atividade (academia, corrida, natação, dança etc.).

2. Aportar pelo menos R$ 54.000


Autoexplicativa. Não acho que terei dificuldades pra atingir essa meta, mas fica registrada para fins de motivação.

3. Ler pelo menos 30 livros


Também autoexplicativa. Nunca foi uma dificuldade pra mim, mas ultimamente estou com vários livros na fila de espera, alguns inclusive já foram adquiridos e sequer foram desembalados!
Desdobrando a meta, isso dá uns 3 livros por mês útil, excluindo férias, recesso e feriados prolongados (eu sou mais produtivo quando estou com a rotina bem definida).

4. Fazer curso de inglês presencial


Sempre tive vontade de dominar a língua mais importante do mundo na atualidade, até me viro bem com a leitura, mas a fala e escuta são péssimos. Creio que um curso presencial pode me ajudar sobremaneira nesses dois aspectos.

5. Beber menos


Creio que beber é um hábito angular ruim, que impede/dificulta diversos outros hábitos bons. Pretendo beber somente aos finais de semana ou em eventos sociais.

Com a intensificação das fiscalizações da lei seca, meu consumo de álcool fora de casa praticamente é nulo. Por outro lado, estou bebendo praticamente todos os dias em casa, tempo que pode ser muito melhor aproveitado para meu desenvolvimento pessoal.


É isso, metas simples e diretas, sem muita frescura. Até quarta pretendo publicar a atualização de dezembro, pois em seguida irei viajar e só devo retomar a rotina ano que vem.

Abraço!

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Atualização mensal nov/2017 R$ 107.926,45 (+5,64%)

Olá, companheiros aportadores! Segue minha segunda atualização mensal. Neste mês tentei dar uma melhorada no design, digam aí o que acharam.



Evolução pequena, porém consistente. Meu grande fator de crescimento patrimonial ainda é o aporte, que este mês foi de R$ 7.000, devido ao recebimento da segunda parcela do 13°. O aporte até poderia ter sido um pouco maior, mas provisionei uma grana pras festas de final de ano e pra dar um tapa na manutenção da lata-velha.

Comprei 100 ações da EGIE3, 2 cotas do FII HGRE11 - estou iniciando nessa modalidade, ainda estou estudando, mais umas frações do Tesouro SELIC 2023 (mantenho minha estratégia de esperar uma queda nas cotações ano que vem pra sair às compras).

Diversificação dos ativos


                         
Ainda muito concentrado em Renda Fixa, mas em algum tempo os aportes devem corrigir a distorção (patrimônio não se gira, se acumula).

Estou cogitando trocar de carro, entretanto não quero descer a barreira recém-atingida dos 100k. Por enquanto, sigo aportando e andando com um carro pior que os dos estagiários do meu trabalho - ô vida frugal tensa, viu? kkk. Após juntar o bastante pra comprar sem comprometer os 100k, reavalio.

Não acompanhei quase nada das variações da Bolsa este mês, mas certamente houve desvalorização de algumas (ou todas?) ações. Seguir uma filosofia Buy & Hold focada no longo prazo tem suas vantagens, principalmente pra mim, que não tenho saco pra ficar acompanhando muita coisa.

Serei vitorioso com essa mentalidade? Só o temo dirá.

Vida Pessoal


Mês corrido no trabalho (funça trabalha, sim! eu pelo menos), porém de muita procrastinação na vida particular. Não coloquei nenhum objetivo em prática, provavelmente ficarão todos pro ano novo. =(

Antes do natal quero fazer uma publicação com os projetos para o ano que vem, tentarei estipular metas bem concretas.  Esses posts de metas de ano novo são uns dos meus preferidos de toda blogosfera de finanças, sempre capto ideias muito boas de vocês, quem sabe eu possa contribuir também com alguma coisa?

Este mês passei 2 finais de semana com a garota com quem havia tentado um relacionamento tempos atrás, mesmo eu já tendo desistido de qualquer coisa séria com ela, pois percebi que ela adora um joguinho psicológico, além de se fazer de santinha-exceção, coisa que sei que ela não é (pra cima de mim?).

É incrível como o carinho e a atenção feminina nos entorpecem, somos presas fáceis dessas dominadoras! O cérebro masculino é uma merda nesse aspecto. Culpa da testosterona? Ainda bem que quando estou sozinho eu consigo me reequilibrar.

É só isso aí mesmo, no mais, estou gostando bastante de participar da blogosfera, conheci alguns blogs novos, são muitas histórias de vida, mas todos basicamente em busca da mesma coisa, acho isso fantástico, pois no meu "habitat" natural é quase impossível conhecer pessoas que enxergam o mundo de forma distinta da mostrada pela mainstream media, tal qual ocorre por aqui.

Até a próxima!